Les Arts | Renoir

A delicadeza, sensibilidade e poesia das primeiras obras do pintor impressionista Pierre-Auguste Reonir, são as inspirações para a grife mineira CAJO compor a sua coleção de verão 2016 - Les Arts Renoir. Nascido em Limoges, na França, o artista é um dos principais nomes do Romantismo. No clima sofisticado da estação, a marca escolheu a atriz Marina Ruy Barbosa, símbolo de beleza e elegância, para estrelar o conceito do catálogo.

Para criar o ar puro e alegre, característicos do período, a grife apostou em estampas exclusivas como buquê de flores e arabescos, além de expressões artísticas do pintor. Destacam-se também os bordados em alto relevo feitos à mão e a utilização de técnicas como o desenvolvimento de palas de laser, modelagem simétrica e mix de pedrarias.

Tecidos nobres, rendas, jacquard, tules e bordados transparentes foram os tecidos eleitos para levar sofisticação e sensualidade para a coleção. Na cartela de cores, predominam as cores adocicadas como rosa nude e o amarelo, inspiradas especialmente nas porcelanas pinceladas por Renoir. Tons intensos como rosa pink, azul, preto, coral e dourado fazem o contraponto da paleta.

Elegante, a temporada traz peças de comprimento midi, pantacourt e vestidos no melhor estilo lady like. As técnicas de desenvolvimento de palas de laser, modelagem simétrica e mix de pedrarias garantem que seus modelos se tornem únicos.

Os shapes soltos marcam presença na linha casual chic, já os mais ajustados ganham destaque na moda festa. Entre os hits da coleção, destacam-se o kimono de print floral botânico e o vestido westchic com recortes a laser.

A grande novidade da estação é o lançamento da linha CAJO por Carol Caetano que conta com peças exclusivas e modelagens sofisticadas, assinada pela diretora de estilo da marca. Com edição limitada, a nova aposta da grife é composta por vestidos de festa com trabalhos em handmade, ideal para ocasiões especiais.

A CAJO propõe uma volta ao impressionismo e traz para o seu verão toda a delicadeza e romantismo das obras de um dos maiores artistas da época. Les Arts Renoir é composta de uma beleza estonteante e ao mesmo tempo sutil.